terça-feira, 21 de abril de 2009

Mudanças a vários níveis...

Pois é, várias coisas andam a mudar na minha vida e nas coisas que me rodeiam.
Vamos por partes.
À um mês que já não ia ao hiphop e ontem decidi ir...choque total... o DFDC(grupo de hiphop) acabou ontem no ginásio cá em Ermesinde, mas o projecto vai continuar no Porto. Sim é verdade que as coisas não andavam nada bem e o grupo já teve melhores dias, mas foi choque total, não estava nada a espera.
É verdade que pensei em abandonar o grupo porque achava que estava a ficar infantil de mais, mas agora que vai para o Porto, estive a falar com as minhas colegas e decidi não abandonar o Zé assim, afinal de contas foi ele que me ensinou tudo o que sei e gosto muito dele e dos elementos mais antigos do grupo e sim agora sou dos membros mais antigos do grupo e por isso mesmo acho que devo apoiar o Zé.
E pronto vou continuar...DFDC!!!!:D
Outra mudança, é no corpo (pelos vistos), ontem uma amiga minha disse-me que eu estava diferente... pôs-se a olhar e tchanaaaaaaa..... a frase que eu menos esperava "ESTÁS MAIS MAGRA!!!" eheheheheheheh fiquei tão feliz eheheheheheh!!!:D
Mas ainda tenho um grande caminho pela frente por isso não me vou dar por vencida e vou continuar a emagrecer até ao verão já não posso ver esta barriga poça!!!lolololol
Outra mudança...tem haver com amizades, ou sou eu que ando muito mudada e a idade faz com que eu me passe de certo modo com certas atitudes ou então estou a ficar maluca só pode...não entendo as pessoas que se dizem minhas amigas...é normal quando trabalhamos, quando somos restringidas não podermos estar com as nossas amigas, mas é normal que elas percebam isso certo??? no meu caso não percebem, afastam-se, saem e nem dizem nada, mas quando é preciso um favor aqui a Juh tem que estar sempre pronta...enfim já estou habituada. Mas estas atitudes ajudam noutra mudança...
Mais uma mudança...sinto que estou diferente...ando triste, tenho vontade de chorar, não gosto da minha vida e apenas tenho um equilibrio e se não fosse equilibrio não sei onde estaria neste momento...sim o A. é muito importante na minha vida dá apoio, estabilidade, felicidade e equilibrio.
Acho que das coisas que ainda tenho força para lutar é a minha R.A. estou mesmo empenhada e fico ainda mais feliz quando vejo os resultados na balança!!!!:D

E pronto foi um desabafo....desculpem a seca...

Beijinhos

Juh

11 comentários:

Branquinha disse...

Olá Juh ;) Não é seca nenhuma. Estamos aqui para nos "aturar" umas às outras, não é mesmo? Vejo que estás numa fase menos boa apesar de a RA estar a ir lindamente. Pensa nas coisas boas da tua vida actualmente: elas são o mais importante. Quanto ao resto, tudo vem ao de cima e não tens que ficar triste.

Alegra-te ;)

***

EA disse...

ola querida, os verdadeiros amigos, lembram-se de nós sempre e n só quando lhes convém!
A maturidade faz com que fiquemos mais selectivos! Tens q dar valor ao de bom que tens na vida e n andares sempre a pensar no mal ... se a vida dá-te 100 motivos para chorares, tens outros 1000 para sorrires! pensa nisso! bjinhos e boa semana

gorda disse...

Como disse a Branquinha não é seca nenhuma estamos aqui para nos aturar umas ás outras mesmo que nem nos conheçamos pessoalmente.

Olha eu acho que é normal o que estás a passar. Há uma certa idade em que as coisas são mesmo assim, a gente cresce trabalha (ás vezes mesmo ainda quando estudamos vão uns amigos para tal universidade outros para outra) e as pessoas acabam por se separar um bocadinho. Isso aconteceu comigo e andei até um bocado revoltada com essa situação. Hoje em dia passados vários anos posso te dizer que as pessoas que considerava amigas continuo a considerar e se precisarem de mim com ainda a pouco tempo precisei de uma delas, estaremos aqui uns pos outros. Porque a amizade é isso mesmo: não é preciso tar sempre ao pé, as vezes podem-se passar anos sem ver a pessoa mas quando encontras sabes que estas na presença de um amigo.

Para já não te stresses. Colegas de trabalho raramente são amigas "forever". Mas até podem ser. Ou não. Mas no trabalho não convem misturar muito as coisas né.

Espero ter dito alguma coisa que se enquadre no teu contexto de vida.

beijos

Marilyn disse...

Olá Juh.
Eu tb ando um bocadinho tristinha com a vida, principalmente a nível de trabalho. Mas é assim mesmo, melhores dias virão.
Força para a RA. Mas principalmente, para tudo o resto (é que a RA é só uma pequena parte da nossa vida!).

Silvia disse...

Olá minha querida! Antes de mais, não é seca nenhuma, estamos todas aqui para ti :) Não sei que idade tens, mas é normal que com o tempo, e conforme vamos crescendo, começamos a ter menos paciencia para algumas atitudes. Eu também sou um bocado assim, estou aqui para quem precisar e raramente preciso de alguém. Felizmente tenho uma ou duas pessoas solidas e de confiança à minha volta, pq se fosse contar com aqueles que precisam de mim estava bem tramada...!

Anima-te! És uma menina tão querida, basta ver a maneira como escreves, devias orgulhar-te de ti própria! :)

Muitos beijinhos e ânimo!

Da gordura à formosura disse...

Pois, a vida é feita de mudanças, é isso que nos faz crescer.
É chato o grupo ter acabado, mas quem sabe não volta outra vez!
Isso que falaste sobre as amizades trouxe-me muitas recordações. É triste, mas há pessoas que só são nosssas amigas quando precisam de nós. Pode ser que não seja o caso contigo.
Fico contente que a tua R.A. vá bem, vais ver que não tarda nada estás onde queres estar.
Agora, é por as tristezas para trás das costas e olhar em frente.
Beijinhos.

Luciana Kotaka disse...

Olá amiga, fico feliz que alguém tenha falado do seu peso,visto e reconhecido seu esforço.
Parabéns!!!
Quanto as amizades, são um processo em nossas vidas...
ESTAÇÃO
DAS PERDAS
-------------

Há horas em nossa vida que somos tomados por uma enorme sensação de inutilidade, de vazio.

Questionamos o porquê de nossa existência e nada parece fazer sentido.

Concentramos nossa atenção no lado mais cruel da vida – aquele que é implacável e a todos afeta indistintamente: as perdas do ser humano.

Ao nascer, perdemos o aconchego, a segurança e a proteção do útero.

Estamos, a partir de então, por nossa conta – sozinhos, podem dizer alguns.

Começamos a vida em perda, e nela continuamos – dizem outros.

Porém, paradoxalmente, se notarmos bem, e se nos atrevermos a ver tudo isso sob um outro ponto de vista, um ponto de vista mais otimista, quem sabe, descobriremos algumas coisas como:

No momento em que perdemos algo, novas oportunidades nos surgem.

Ao perdemos o aconchego do útero, ganhamos os braços do Mundo.

Ele nos acolhe, nos assusta e nos encanta, nos destrói e nos eleva.

E continuamos a perder... E seguimos a ganhar.

Perdemos a inocência da infância, e ganhamos a confiança absoluta na mão que segura nossa mão.

Ganhamos a coragem de andar na bicicleta sem rodinhas porque alguém ao nosso lado nos assegura que não nos deixará cair.

Perdemos a inocência da infância, e adquirimos a capacidade de questionar: por quê?

Perguntamos a todos e de tudo. Estamos crescendo.

Nascer, crescer, adolescer, amadurecer, envelhecer, morrer, renascer.

Cada nova fase revela perdas. Cada nova fase aponta novos ganhos.

A vida é obra encantadora do Criador. Nada nela existe por acaso. Nada funciona ou acontece sem seguir uma lei maior, uma razão.

Nem mesmo a tão temida "morte" deve ser considerada como oposto de "vida". O que chamamos de morte é apenas uma entrada para outra estação da mesma vida.

Assim, quando achamos que "perdemos" pessoas que amamos, deveríamos enxergar que "ganhamos" um grande amor, e este nunca se perderá.

Cada pessoa que entra em nossa vida, e que nela permanece através do amor, nunca mais estará distante.

Que ganho maravilhoso este! Que certeza esperançosa, revolucionária.

A vida não começa em perda, começa em "oportunidade".

Nascer é ganhar nova chance de seguir adiante. Nova chance de descobrir, de conhecer e de amar.

Quem ama nunca perde. Quem doa nunca fica sem.

Um beijo grande e querov ê-la feliz!!!
Te gosto muito, faz parte de minha vida e de minha história!

gorda disse...

Oiiiiiiiii

Entao é assim 1 peça de fruta por dia vale 1 ponto por dia. Mesmo que comas mais nao conta!!!!

Cada dia, 1 peça, 1 ponto.

Quanto á praia: caminhada de 1 hora pela areia sem banho?!!

Algodão Doce disse...

Olá!
Qual seca linda :)

Ena tanta mudança...
o que importa é que sejam para melhor, sempre!!

Um elogio desses é sempre bom :)

Beijocas doces e continuação de boa semana!
Algodão Doce

Andreia disse...

tal como te disse na caminhada, sabes que eu estou aqui certo??? e tal como o A. (logico que nao vou andar aos beijos contigo lololol) tambem nao vou a lado nenhum e olha que sou muito chata por isso lololol...
por isso minha linda, a vida e para aproveitar, faz mudanças como eu estou a fazer, escolhe quem amas e o resto manda à m... :)
beijinhosssssss e sempre que precises ja sabes :)

**Má** disse...

Ixi... quanta coisa heim mocinha!!!! Mas é assim mesmo, temos fase nas nossas vidas e nem sempre as pessoas caminham com a gente nessas fases... O importante é vc saber quem está ao seu lado e ao lado de quem vc quer estar... E seguir em frente, em busca de sua felicidade em todos os ramos... Beijinhos